Download!Download Point responsive WP Theme for FREE!

Dicas para divulgar sua startup no blog dos outros “de graça”

Saiba como divulgar sua startup "de graça" em vários blogsEu recebo emails mensais, às vezes semanais, de startups que querem divulgar gratuitamente seu empreendimento no Ponto Marketing. Imagino que vários outros blogs também recebam tais propostas e que também outros blogueiros tenham a mesma cisma que eu adquiri depois de tantos emails. Por que algumas startups acham que temos a obrigação de divulgá-las?

Esclarecendo: nunca recebi uma intimação de uma empresa assim para que eu publicasse algo sobre ela. No entanto, a forma de pedir por esse espaço é que é, muitas vezes, no mínimo, sem noção. Entendam: nosso blog, assim como muitos outros, tem um belo dum custo mensal para se manter no ar. Sendo assim, nossos espaços para divulgação, ao serem comprados pelos anunciantes, ajudam este humilde blog a sobreviver e pelo menos se pagar. Acontece que quando fornecemos espaços gratuitos a torto e a direito, desvalorizamos nossa publicidade e abrimos brecha pro danado do jeitinho brasileiro do “Ei, se Fulano conseguiu divulgar sua startup aqui, eu também tenho esse direito“!

Outro esclarecimento: de forma alguma estamos nos negando a divulgar startups no Ponto Marketing. Por isso mesmo deixo aqui dicas de como solicitar essa divulgação e ser atendido, tanto neste blog como em outros. Após ler tudo, você me entenderá e deixará de pensar “Que blogueiro mercenário!”.

Dica #1: Sua startup tem a ver com o blog?

Antes de sair disparando emails pra todo blog que você considerar válido, pense antes se o seu empreendimento tem a ver com a temática do blog. Para conseguir uma publicidade gratuita, é importante que essa divulgação seja revelante e encaixe com o conteúdo do blog em questão.

Dica #2: Ofereça algo em troca

Existe almoço grátis? NÃO, MANÉ! Quer que o blog XYZW divulgue sua empresa na “brodagem”? Ofereça algo em troca. Pode ser qualquer coisa, como um período de serviço grátis ou amostras dos seus produtos. Pode ser uma nota de agradecimento ou colocar a marca no rodapé do site elogiando o blog como um dos apoiadores. Muitas vezes o que você tem a oferecer é desproporcional ao peso da divulgação que você almeja conseguir, mas só pelo fato do blogueiro receber algo, deixando a relação mais justa, suas chances aumentam. Brodagem significa que as duas partes se apoiaram de alguma forma.

Dica #3: Como você quer iniciar um negócio sem verba de marketing?

Esse é um defeito clássico de 90% das empresas. Pensam em tudo: equipamentos, softwares, contatos, financeiro, jurídico e coisa e tal. Ok, tudo “pronto”, vão botar a empresa no mercado. Ih, cadê a verba de publicidade? Ah, deixa pra lá, esses blogueiros otários divulgam a gente de graça e gastamos a verba de marketing toda em cerveja e salgadinho!

Gente do Brasil, se vocês abrirem uma empresa, considerem um valor, por menor que seja, para produção de publicidade. Eu sei e entendo que a maior parte, senão todas, as startups precisam cortar custos pela verba pequena. No entanto, a dica #2 já sugere uma saída: sua verba de marketing pode ser, inicialmente, a permuta de serviços ou produtos. Após isso, para você ter realmente poder pra divulgar onde achar melhor, só tem uma forma: comprar publicidade, não choramingar por ela.

Já tô vendo que muitos empreendedores startupianos estão loucos para comentar e esculachar. Mas a verdade é essa: não dá pra sair divulgando qualquer startup de graça só porque a coitadinha da startup tá sem dinheiro, até porque quando ela começar a ganhar dinheiro de rodo e estiver na trilha de um Facebook da vida, ela não irá lembrar daquele blog que deu aquela forcinha no início. Lembrando: não existe almoço grátis. Se quer publicidade, negocie isso ao invés de mendigar. Não desvalorize seu empreendimento, muito menos os dos outros. Colocando isso de forma justa e amiga todos saem ganhando.

Fonte da imagem: Marketing Land

Sobre Gabriel Galvão

Administrador habilitado em marketing, consultor de marketing, desenvolvedor de sites e blogs, editor do blog e palestrante.

One Comment

Deixe uma resposta