O valor de uma marca

Você trabalha o valor da sua marca?Nos tempos atuais, identidade é tudo. Para ser visto, entendido e reconhecido, é fundamental que a imagem e o nome da empresa sejam apresentados de forma profissional. Não é uma questão de estilo ou beleza, mas conteúdo e força, de comunicação simples e direta.

A identidade tem que traduzir tudo que a empresa, produto ou evento é, na essência. O espírito, o perfil, sua proposta, o que vende. É preciso condensar toda a informação colhida numa leitura visual de décimos de segundos. Dar identidade é dar vida.

Em marcas, não existe meio termo, nem mais ou menos. Ou ela impressiona ou cai no vazio. O criador da marca tem que ter um pouco de artista, e muito de observador, para traduzir a alma do cliente, criar um produto que não será dele e terá vida própria. É a partir do branco que enfrenta-se o desafio de pesquisar, estudar, fazer e produzir algo real e palpável.

Não há como não mergulhar de cabeça nisso, perder e encontrar certezas. Seja na quinta ou na centésima versão, é preciso estar seguro de que chegou lá.

Temos hoje a facilidade e a agilidade do computador, mas este processo de troca e descoberta, identificação e construção do resultado, continua sendo intensamente humano, e depende igualmente dos dois lados, de quem faz e de quem aprova. A angústia só acaba quando é apresentada a proposta e a marca é aprovada pelo cliente.

Neste caminho de síntese e construção de uma marca qualquer detalhe pode fazer toda a diferençaO designer que criou a marca da Apple conta que Steve Jobs ficou em dúvida até o último momento sobre ter ou não a mordida da maçã no desenho. Daí saiu a característica única que a diferenciou de todas as outras maçãs existentes.

A cor e detalhes desta logo da Apple já evoluiu em forma e cores por muitos anos, mas sua essência e perfeição continuam intactas. Todas as grandes marcas são simples e fortes, por isto resistem e tornam-se algo mais, parte de nossa cultura e de nossas vidas.

A palavra diz tudo, marca é para marcar, deixar rastros, contar uma história.

Sobre Roberto Tostes

Publicitário e escritor. Formado em Comunicação Social pela UFF – Rio de Janeiro. Atualmente dá assessoria em estratégias de comunicação, projetos editoriais e marketing digital.

3 comentários

  1. Ótimo texto, parabéns!

  2. Primeiramente, Roberto, parabéns pelo texto, simples e objetivo, passou a mensagem de forma muito rápida e clara, parabéns!

    Depois, ‘tá’ aí algo que eu nunca tinha pensado… “marca é para marcar”, realmente o nome diz tudo, mas muitas empresas e marcas (rs) não entendem isto e fazem de qualquer jeito e, ainda, muitos não se utilizam nem de quem sabe fazer… Enfim… são muitos os enganos e ‘relaxos’ dos donos.

    Abs.

  3. Obrigado Thiago e também Juliana,

    Pelo comentário vi que vocês pegaram bem o espírito da coisa.
    Quanto às empresas e pessoas que não sabem o valor de uma marca. eles não sabem o que estão perdendo…

    Abs

    ; )

Deixe uma resposta




Marque para ser avisado de novos comentários via e-mail. Você também pode se inscrever sem comentar.


Warning: fopen(/home/pontomar/bkp/wp-config.php) [function.fopen]: failed to open stream: No such file or directory in /home/pontomar/public_html/wp-content/themes/minimal-xpert/footer.php on line 20

Warning: filesize() [function.filesize]: stat failed for /home/pontomar/bkp/wp-config.php in /home/pontomar/public_html/wp-content/themes/minimal-xpert/footer.php on line 21

Warning: fread() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/pontomar/public_html/wp-content/themes/minimal-xpert/footer.php on line 21

Warning: fclose() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /home/pontomar/public_html/wp-content/themes/minimal-xpert/footer.php on line 22

Warning: mysql_connect() [function.mysql-connect]: Access denied for user 'pontomar'@'localhost' (using password: NO) in /home/pontomar/public_html/wp-content/themes/minimal-xpert/footer.php on line 43
ss