Razões para uma empresa ter um site corporativo

Por Camila Carrano

Um dos hobbies que adquiri nos últimos tempos foi analisar sites corporativos. Se transformou em um hobbie, porque é muito engraçado a forma que as empresas estão se posicionando online. Com a necessidade da conectividade online, muitos não planejam e acabam lançando sites que só denigrem a imagem corporativa da empresa. Seja pequena, média ou grande empresa, o site deve ser um cartão de visitas para o cliente e não uma porta se fechando para o negócio. Existem duas razões principais para se ter um bom site:

1. Credibilidade

Este é o objetivo principal. Um site é uma ferramenta de comunicação, e não apenas uma ferramenta de vendas. É uma maneira de assegurar aos clientes que sua empresa é séria e profissional. Um site também permite mostrar as perspectivas do negócio, sendo um recurso valioso ao dar informações úteis, relatórios especiais, links relevantes e assim por diante.

2. Manter relacionamentos

Cada vez mais, empresas de pequeno porte estão se voltando para a Web como um meio de baixo custo de comunicação com seus clientes e de manter o relacionamento com eles. Ferramentas como blogs, boletins eletrônicos, vídeo clipes e fóruns ajudam a atingir esses objetivos.

O básico de um site

Um site de empresa deve atender aos quesitos mínimos de estética e usabilidade. Todo bom site de empresa deve:

  • Ter aparência limpa, polida e profissional, combinando com sua marca e suas informações;
  • Ser fácil de navegar e usar;
  • Ter conteúdo de fácil leitura, que toque o emocional do cliente;
  • Dar aos clientes caminhos para interagir com a empresa, de preferência através das redes sociais.

Mantenha o foco e não busque nada extravagante para o site da sua empresa. Lembre-se: existe a necessidade de um posicionamento online, mas se este for mal feito, acabará piorando a situação de sua empresa.

Leia mais artigos da Camila Carrano

Sobre Camila Carrano

Estudante de Comunicação e Marketing do Centro Universitário de Brasília, estudiosa dentro das mídias sociais e busca a integração das áreas da comunicação.

3 Comments

Deixe uma resposta